Nova resolução do CFM sobre reprodução assistida

por: NK Advocacia - 13/11/2017

reprodução_assistida

 

O Conselho Federal de Medicina publicou na última sexta-feira novas regras sobre a reprodução assistida. Como foram trazidas diversas novidades, vamos aborda-las por partes nos nossos canais de comunicação.

 

O primeiro destaque trazido com a nova resolução, é que a chamada barriga de aluguel (cessão temporária do útero/gestação de substituição), até então permitida somente para mãe, avó, irmã, tia e prima, agora passa a autorizar também filhas e sobrinhas.

 

Além disso, pessoas solteiras e casais homoafetivos também passam a ter direito a recorrer a cessão temporária de útero (barriga de aluguel). Acompanhe nossas publicações para saber mais sobre estas alterações.

Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn


Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *